Ajudando você, Ajudo outros!

  • Fluxo da Felicidade, Terapias integradas;
  • Saia do piloto automático e assuma o controle da sua vida;
  • Barras de Access - 32 pontos em sua cabeça que vão mudar sua vida;
  • Reiki - energia da alegria, do amor e da gratidão que cura;
  • Ninguém entende mais de você do que você mesmo;
  • Saia da crise aprendendo a construir seu poder pessoal;
  • Quer mudar o mundo? Mude seu interior e verá que tudo a sua volta mudar;
  • O passado seu mestre, o presente o convite, seu futuro sua meta;
  • O Universo responde a quem você é e não ao que você quer;
  • Tome suas decisões sempre a favor das suas paixões;
  • Aproveite seu tempo explorando novas possibilidades de ser ainda melhor;
  • Viver no seu presente, é o seu melhor presente;

Como lidar com final de um relacionamento?

Relacionamento – como dizia o “Tim Maia”, Vale tudo, inclusive acabar, que seja sempre com gratidão, sem procurar culpados e sim escolhas, mas como fazer isso?

A perda de um amor, um relacionamento verdadeiro, é uma das experiências emocionais mais duras de uma pessoa pode passar. Um relacionamento nos dá a sensação de não haver prazo de validade, muitas vezes na ilusão que tudo vai mudar, no entanto, sempre contamos com a mudança do outro, estamos sempre certos.

Agora você está sozinho e tem que lidar sozinho com a perda do relacionamento.

Terminar um relacionamento nunca é fácil, porque significa que você está terminando algo que construiu com alguém. Você está terminando toda uma fase de sua vida onde teve alguém para compartilhar suas dúvidas, sua felicidade, seus medos e até seus momentos estranhos, de rebeldia, de teimosia, de conquistas, de simplesmente ser uma pessoa emocional ou mesmo muito racional.

Não só é o seu parceiro fisicamente indo, mas agora você está com dor, raiva, dor, frustração e vários outros sentimentos.

Como você lida? Como você vai avançar? Como retomar uma vida normal e sentir-se feliz novamente?

A maioria das pessoas já ouviu o velho ditado “o tempo cura todas as feridas”. Isso é verdadeiro para o fim dos relacionamentos também. No momento presente pode nos parecer uma dor insuportável, mesmo sabendo que era o melhor para ambos, mas fica mais fácil com o tempo.

É especialmente esgotante quando a decisão é tomada por outra pessoa. Quando isso acontece, nós vamos repetidamente em nossas cabeças o que nós poderíamos ter feito diferentemente; sentimos arrependimentos e a dificuldade em lidar com a perda e rejeição do relacionamento. Não há nenhuma fórmula mágica de lidar com esse tipo de dor emocional, mas há várias coisas para fazer, tudo o que pode ajudar imensamente.

Aqui estão algumas idéias para iniciar o processo de cicatrização.

Dê a si mesmo tempo para sofrer.
Perder um relacionamento muitas vezes envolve um processo de luto. Se você estiver familiarizado com o modelo de Kubler-Ross por fases de tristeza, você entende que o processo envolve a negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Estas são todas as emoções apropriadas, se você experimentar todos ou apenas alguns.

Negação e Isolamento: “Isso não pode estar acontecendo.”

Barganha ou negociação: “Se voltarmos eu vou fazer tudo diferente.”

Cólera (Raiva): “Por que eu? Não é justo.”

Depressão: “Estou tão triste. Nada mais tem sentido.”

Aceitação: “Tudo vai acabar bem.”

Permita-se experimentar plenamente a dor.
Ao encontrar a onda de emoções que se seguem à separação, permita-se sentir essas emoções e experimentar plenamente a dor.

É muitas vezes o nosso primeiro instinto para evitar a dor. Às vezes, tentamos fazer isso encontrando distrações – mergulhando-nos completamente em crianças, trabalho, hobbies ou outras atividades ou tomando uma decisão quase sempre desastrosa, entrar imediatamente em outro relacionamento para preencher o vazio.

A melhor maneira de lidar com nossas emoções é enfrentá-las completamente. Se você não se sente pronto para  fazer isso por conta própria, procure a ajuda de pessoas de apoio.

Cerque-se de pessoas positivas.
Não há nada pior do que sentar com um grupo de amigos que queira te apoiar falando mal do outro ou tentar te consolar na dor e na tristeza, que você por sinal já tem de sobra. Procure aqueles amigos que  incentivam a sorrir, mudar de assunto, fazer coisas diferentes, ficar mais leve.

A última coisa que você precisa depois de passar por uma separação é continuar a revivê-lo. Gaste seu tempo com pessoas que fazem você feliz e pessoas que podem fazer você sorrir. Estar em torno de pessoas que irão dar-lhe encorajamento e oferecer o apoio que você precisa.

Passe algum tempo todos os dias em algo agradávelÉ importante desfrutar de aspectos positivos da sua vida, enquanto outros sentimentos estão remendados, revistos, curados.

Encontre a lição e seja grato. O poder da gratidão transforma.

“Expressar gratidão é a melhor estratégia para alcançar a felicidade plena. Para muitas pessoas a expressão da gratidão significa dar o devido valor às coisas, de forma sincera e profunda.

A gratidão é um antídoto contra emoções ruins, que ajuda a neutralizar a inveja, hostilidade, aborrecimentos, perdas, rupturas e irritação. Praticar a gratidão é focar no agora, reconhecendo todas as conquistas que você já teve, para receber ainda mais.”

Rhonda Byrne, autora dos best-seller O Segredo, A Magia e O Poder, a gratidão opera através da lei Universal que governa toda a sua vida. De acordo com a lei da atração, que governa toda a energia em nosso Universo, da formação de um átomo ao movimento dos planetas, “semelhante atrai semelhante”.

É por causa da lei da atração que as células de cada criatura viva são mantidas juntas, bem como a substância de cada objeto material. Em sua vida , a Lei opera em seus pensamentos e sentimentos porque eles são energia também e, assim, o que quer que você pense, seja lá o que você sentir, você atrai para si.

Se você pensa “eu sei que não vai dar certo”, “eu tenho a certeza que está me traindo”, “eu não tenho sorte no amor mesmo”, “eu não estou me saindo bem em alguma coisa”, “eu sinto que isso não vai longe”, “Eu só tenho problemas”, “minha vida está uma bagunça” , ou “meu casamento está complicado”, então você deve atrair mais dessas experiências.

Pensando nisso, voltando ao final do relacionamento, aproveite o tempo para refletir sobre o que foi aprendido neste relacionamento. Seja positivo ou negativo, podemos aprender algo em todas as situações.

Concentre-se no que foi aprendido que você teve a oportunidade de experimentar, de viver um relacionamento com todas as suas fases, depois escolha sempre a melhor para ser grato. Seja grato pelas lições aprendidas, seja difícil ou fácil. É fácil ser grato pelas lições positivas, e não é tão difícil ser grato pelos negativos.

Em nossas experiências negativas aprendemos as coisas que já não desejamos experimentar e aprendemos a ser mais conscientes e um pouco mais cuidadosas, porém no final, leve consigo sempre uma lição positiva, afinal pela lei da atração, atraímos sempre mais do mesmo, então se seja ainda melhor da próxima vez.

Sugestão – Faça uma lista de 10 coisas pelas quais você é grato por ter vivido esse relacionamento. Escreva por que você é grato por cada uma delas. Leia a lista diariamente em voz alta ou em silêncio, agradecendo com profundo sentimento ao final de cada uma delas por 21 dias, se era alguém muito importante, a dor é profunda, faça por pelo menos 33 dias ou 66 dias.

Crie o hábito de antes de dormir e logo ao acordar, agradecer por estar VIVO E COM SAÚDE.

Quais são os benefícios?
Isso pode parecer um pouco estranho ou perturbador, mas não é. Concentre-se nos benefícios e como esta situação pode ajudá-lo. Se é os benefícios de encontrar a lição ou perceber que você pode ter mais tempo para se concentrar em você, as coisas que você gosta, ou ganhar a independência, há sempre algo adquirido.

Procure os benefícios, do que você abriu mão ou o que teve dificuldade em soltar, é uma ótima oportunidade de buscar o autoconhecimento que só um relacionamento com a pessoa mais importante da sua vida poderá lhe proporcionar, você.

Mesmo assim, muitos carregam uma parte das memórias dolorosas por longos períodos de tempo. O tempo ajuda a aliviar o desconforto da perda de relacionamento. No entanto, normalmente leva um tempo para se sentir melhor. Lembrar as sugestões acima pode ajudar como você pacientemente descobrir o relacionamento com você mesmo novamente.

Dizem as mães que tem filhos de parto normal que no momento da dor pensam em nunca mais passar pela experiências, até que esqueça e deseje outro filho.

Se você precisar de alguma ajuda na recuperação da perda de um relacionamento, eu tenho um trabalho de apoio que irá lhe ajudar a resgatar a autoestima, coragem, alegria e o poder de recomeçar um novo relacionamento de maneira mais leve e fora do círculos viciosos de relacionamentos que repetem sempre o mesmo padrão.

relacionamentos

 

 



  < Voltar

 

Vamos conversar? Entre em contato.

Envie uma mensagem