Ajudando você, Ajudo outros!

  • Fluxo da Felicidade, Terapias integradas;
  • Saia do piloto automático e assuma o controle da sua vida;
  • Barras de Access - 32 pontos em sua cabeça que vão mudar sua vida;
  • Reiki - energia da alegria, do amor e da gratidão que cura;
  • Ninguém entende mais de você do que você mesmo;
  • Saia da crise aprendendo a construir seu poder pessoal;
  • Quer mudar o mundo? Mude seu interior e verá que tudo a sua volta mudar;
  • O passado seu mestre, o presente o convite, seu futuro sua meta;
  • O Universo responde a quem você é e não ao que você quer;
  • Tome suas decisões sempre a favor das suas paixões;
  • Aproveite seu tempo explorando novas possibilidades de ser ainda melhor;
  • Viver no seu presente, é o seu melhor presente;

Família, o desafio da convivência dos diferentes em uma busca comum, o AMOR.

Os pais são solteiros, empregados externamente ou ficam em casa, são homossexuais ou heterossexuais, adotivos ou pais adotivos e cuidadores capacitados ou não, fazendo o melhor que podem, com o que sabem.

O pai moderno vem em várias formas. O pai de hoje não é mais o tradicional provedor casado e disciplinador da família.

Ele pode ser solteiro ou casado; externamente empregado ou ficar em casa; gay ou hétero; um adotivo ou padrasto; e um cuidador mais do que capaz para crianças que enfrentam desafios físicos ou psicológicos.

A pesquisa psicológica, entre famílias, de todas as origens étnicas, sugere que o afeto dos pais e o maior envolvimento da família ajudam a promover o desenvolvimento social e emocional das crianças e como consequência uma sociedade mais justa e pessoas menos inseguras.

O que mudou?

Dois a três séculos atrás, os papéis dos pais eram principalmente para servir como sustento de família e transmissores de valores morais e educação religiosa para seus filhos.

No entanto, com o advento da industrialização e urbanização e como fábricas surgiram como principais fontes de emprego, os pais se distanciaram do lar e de suas famílias.

Taxas crescentes de abandono e ilegitimidade levaram ao desenvolvimento de programas de bem-estar para ajudar mulheres viúvas ou solteiras a sustentar seus filhos.

E agora?

Nas décadas mais recentes, o papel econômico em mudança das mulheres afetou muito o papel dos pais.

Entre 1948 e 2001, o percentual de mulheres em idade ativa empregadas ou procurando trabalho quase dobrou – de menos de 33% para mais de 60%.

O aumento do poder financeiro tornou o apoio financeiro paterno menos necessário para algumas famílias.

Em conjunto com a crescente autonomia das mulheres, tendências relacionadas como declínio da fertilidade, aumento das taxas de divórcio e novo casamento e parto fora do casamento resultaram em uma transição do tradicional para múltiplos papéis indefinidos para muitos pais.

Os pais de hoje começaram a assumir papéis muito diferentes dos pais das gerações anteriores.

Novos papeis e velhos costumes

Crenças religiosas

Religião – As crianças nascem com uma crença inata em Deus?

E se as crianças não tivessem que ser ensinadas a acreditar em Deus? E se eles nasceram com essa crença pronta em algum lugar incorporado em suas mentes?

Estudos apontam que as crenças das crianças no sobrenatural são o resultado de sua educação. Além disso, argumentam os pesquisadores, “a exposição a ideias religiosas tem um impacto poderoso na diferenciação das crianças entre realidade e ficção”

Estudos apontam que as crianças religiosas têm uma propensão maior em aceitar a adversidade, algo que está fora do nosso controle.

“A imaginação é absolutamente vital para contemplar a realidade”

Lidando com as emoções

;

A nova família

Na minha opinião, quando nossas necessidades não são supridas, enviamos uma fatura de cobrança direta aos pais, pela nossa inadequação nesse mundo, onde desejamos ser inseridos.

  • Obrigação x Escolhas . Querer mais independência e menos satisfação
  • Segurança x Confiança
  • Sexualidade x Modelos aprendidos do que é certo, correto e permitido
  • Obrigações x Quero tudo na mão
  • Razão x Diferentes pontos de vista sobre a mesma situação
  • Papel do homem e da mulher x Participação

Quem cuida da casa?

Os filhos precisam aprender isso tanto quanto as filhas. Não só eles poderiam escolher não se casar, mas muito bem podem ter uma esposa que precisa de sua ajuda.

O trabalho doméstico não é apenas trabalho de mulher. Lavar a louça, lavar roupa e muitas outras tarefas básicas de limpeza são coisas para ensinar ao seu filho adolescente antes de ele sair de casa.

Mesmo que ele não esteja interessado em aprender, algum dia ele ficará feliz por você ter lhe ensinado. É isso mesmo?

Ler isso fica leve ou pesado?

Barras de Access

Enunciado aclarador das Barras de Access sobre esse tópico:

Que necessidades você está criando para manter a zona de conforto em sua vida, que o impede ser uma contribuição verdadeira?

Tudo que te impede de ser uma contribuição, vamos destruir e descriar? (D&D), Se disse sim, POD & POC.

Filhos, afinal quem são nos dias de hoje?

Com as novas tendências dos filhos buscarem cada vez mais autonomia de escolhas e ainda assim dependentes financeiros, a falta de equilíbrio nessa balança gera conflitos em todos os níveis.

Se você é filho responda:

Tem um computador ou celular? Quem lhe deu?

Suas roupas são limpas? Quem faz isso por você?

Passa fome?

Tem uma casa para lhe abrigar ? Tem uma cama? Televisão? Canal de entretenimento?

Quando está doente alguém cuida de você?

Você já se sentiu prioridade?

Se disse NÃO, esse enunciado é para você:

Quantos julgamentos te fazem confundir controle com responsabilidade?

Que energia espaço e consciência te fazem confundir amor com necessidade?

Que energia espaço e consciência te fazem ter expectativas e ilusões sobre as pessoas?

Quantas invenções você está criando para evitar se relacionar com as pessoas que escolheram lhe dar a vida sem tanto julgamento sobre o que é justo, correto e mais divertido?

A tudo que isso trouxe a tona, está disposta a Destruir e Descriar e desaparecer todo ponto de vista fixo sobre o que é família e ser família permitindo a todos desempenhar seu papel?

Se disse sim, POD & POC

E os pais, o que sobrou?

Bem, para começar lhe conceberam o que tem de maior valor, A VIDA!

Não a vida dos seus sonhos, essa é sua responsabilidade criar, mas dentro de suas possibilidades prover o alimento, a educação e preparar você para sobreviver para depois escolher.

A partir do momento em que seu filho nasce, os pais estão constantemente se preocupando se está desempenhando seus deveres habilmente.

Por pior que pareça, com certeza eles querem torná-lo forte e  transmitir todos os conselhos e orientações que aprenderam com a vida. Esse é um ciclo natural.

Preservação x Satisfação

E o que sobra da relação familiar?

Devemos aprender a perder antes de ganhar, a ser antes de ter e a respeitar antes de querer respeito.

Só pelo fato de estar lendo esse post, por um ponto de vista de Mara Flores, Coach de relacionamentos e comportamental, Instrutora de Barras de Access e facilitadora, assim como Terapeuta em técnicas integradas de cura e ascensão, que é definido como FLUXO DA FELICIDADE, você tem o privilégio de estar acima da média e agradecer aos seus pais por isso.

Quer ir além? Chegará o momento que vai desejar tê-los por perto, aproveite para construir os laços de amor, lembre-se:

Seus pais não vieram ao mundo para lhe dar a vida e viver para servi-lo, você faz PARTE da história de vida deles e levará isso, querendo ou não, no seu DNA.

Quantas invenções você esta criando para reviver situações de desarmonia vividas em relacionamentos entre PAIS & FILHOS que cria toda a separação, quando poderia usar essa mesma força para gerar mais leveza e felicidade?

A tudo que isso é, independente do lado e ponto de vista, vamos destruir e descriar toda a muralha que separa você de você mesmo?

POD & POC

Se você faz parte do grupos dos pais incompreendidos, esse exercício é para você. Se você faz parte dos filhos incompreendidos, esse exercício é para você.

Ho’oponopono é um antigo sistema de cura originário da cultura havaiana há séculos: sua mente subconsciente começará a liberar bloqueios antigos e energia negativa de seu passado e presente e tem um impacto profundo na consciência coletiva.

Este POST foi escrito para atender uma Co Criadora do meu grupo dos CS e o poder do EU SOU, sobre o desejo de liberdade x dependência financeira familiar.

 

 



  < Voltar

 

Vamos conversar? Entre em contato.

Envie uma mensagem