Ajudando você, Ajudo outros!

  • Fluxo da Felicidade, Terapias integradas;
  • Saia do piloto automático e assuma o controle da sua vida;
  • Barras de Access - 32 pontos em sua cabeça que vão mudar sua vida;
  • Reiki - energia da alegria, do amor e da gratidão que cura;
  • Ninguém entende mais de você do que você mesmo;
  • Saia da crise aprendendo a construir seu poder pessoal;
  • Quer mudar o mundo? Mude seu interior e verá que tudo a sua volta mudar;
  • O passado seu mestre, o presente o convite, seu futuro sua meta;
  • O Universo responde a quem você é e não ao que você quer;
  • Tome suas decisões sempre a favor das suas paixões;
  • Aproveite seu tempo explorando novas possibilidades de ser ainda melhor;
  • Viver no seu presente, é o seu melhor presente;

É possível sair da depressão com humor?

Primeiro, o que deprime você? Os outros, suas escolhas ou a vida?

É possível confiar na vida, aceitar os eventos e ainda deixar tudo mais divertido sem perder a seriedade como conduz suas metas, dignificar seus valores e ainda ter pessoas confiáveis ao seu lado?

Você está disposto a escolher ao invés de apenas aceitar que a depressão se instale?

E se a vida não tiver que ser um drama, se tudo for apenas um ponto de vista interessante que pode ser mudado, parece loucura?

Se você analisar o que, na realidade, deseja para sua vida ser mais leve e humorada, assemelha-se mais à gratidão, honra, confiança, destino, merecimento, carma, permissão, liberdade ou vulnerabilidade??

E se adicionarmos a tudo isso importar-se, nutrir, bondade e não julgamento, fica mais leve a sensação da depressão?

O que tem se cobrado e julgado que está difícil de aceitar? O que está carregando que fica tão pesado?

Você estaria disposto a escolher intimidade consigo mesmo?

Incrível, quando sair do ponto de vista dos outros, de ficar do lado de fora e voltar seu olhar para dentro de você, irá perceber que distância confortável que permitiu instalar rompeu com essa intimidade.
Isso não significaria deixar de valorizar os outros, não significa confronto ou ignorar, apenas honrar você, a vida que tem lhe oferecido escolhas.
Ao contrário, o que realmente significa é que, em vez de escolher uma situação dolorosa ou alguma pessoa que está fora do seu alcance que deseja diminuir e limitar você tenha poder.No entanto, se você passasse a escolher pessoas e situações que viessem a ser uma contribuição para sua vida. Você não mais acreditará que precisa da aprovação dos outros, ou que precisa de alguém e da correção de seus julgamentos para tornar você inteira e completo?
Meu ponto de vista é que a depressão está dizendo que você deseja um relacionamento, você deve ter um relacionamento excepcional e fenomenal que dê sentido a sua vida.
E agora se eu lhe disser que ter alguém não quer dizer que vai satisfazer suas necessidades de ajustar-se ao resto do mundo limitado e que ao pensar e agir assim está entregando o seu poder a outra pessoa?

Ainda além, se entender que nada acontece sem sua permissão por mais difícil que pareça ouvir isso e, que tudo está dentro de você, que há uma escolha.

Gostei muito de uma frase em um filme. “O que está feito, está feito”. E agora o que vai fazer com isso? Carregar o peso não muda nada, o que muda são suas decisões em relação ao fato ou evento.

Agora do meu ponto de vista, porque ficar preso a uma pessoa ou situação se existem outras possibilidades?

Tudo o que não permite que isso apareça, traga consciência, você vai destruir e descriar agora, por favor? POD POC a toda limitação da sua vida , que tudo se limpe com mais humor e amor.

 

 

 



  < Voltar

 

Vamos conversar? Entre em contato.

Envie uma mensagem