Ajudando você, Ajudo outros!

  • Fluxo da Felicidade, Terapias integradas;
  • Saia do piloto automático e assuma o controle da sua vida;
  • Barras de Access - 32 pontos em sua cabeça que vão mudar sua vida;
  • Reiki - energia da alegria, do amor e da gratidão que cura;
  • Ninguém entende mais de você do que você mesmo;
  • Saia da crise aprendendo a construir seu poder pessoal;
  • Quer mudar o mundo? Mude seu interior e verá que tudo a sua volta mudar;
  • O passado seu mestre, o presente o convite, seu futuro sua meta;
  • O Universo responde a quem você é e não ao que você quer;
  • Tome suas decisões sempre a favor das suas paixões;
  • Aproveite seu tempo explorando novas possibilidades de ser ainda melhor;
  • Viver no seu presente, é o seu melhor presente;

Como é gerado um o círculo vicioso?

Mudar dá trabalho, principalmente se estiver agindo como o cachorro que CORRE ATRÁS DO RABO.

Correr atrás do rabo = círculo vicioso

“Na doutrina de Aristóteles, esta expressão designa uma falha lógica que consiste em alcançar dedutivamente uma proposição por meio de outra.

Por sua vez, não pode ser demonstrada senão através da primeira.
Por conseguinte, faz todo o sentido que a expressão seja círculo, uma vez que as situações se vão repetindo sucessivamente.

Dessa maneira  provoca um impasse, isto é, A dá origem a B e, por sua vez, B dá novamente origem a A. Assim, não se sai do círculo vicioso!”

 

 

Traduzindo:

Na figura poderá observar que o cachorro não consegue ver nada além do que está limitado ao círculo,  ao mesmo tempo que ele avança, a outra parte também.

Em coaching também chamamos de Dança Circular,  que pode ser vista por vários ângulos.

Dança circular!

Ex: Vida familiar,círculo vicioso de comportamentos.

O filho joga a roupa no chão do quarto, a mãe entra, reclama, faz ameaças, logo depois pega e guarda. Por sua vez o filho já entendeu que a mãe reclama, mas faz, então no dia seguindo poderá deixar a roupa outra vez no mesmo lugar que a mãe guardará.

A questão é: Se está ocorrendo um conflito, é porque uma das pessoas envolvidas não está fazendo usa parte e a outra pessoa fazendo pelos dois.

O quanto que cada um está contribuindo para que a situação permaneça sem solução?  Para resolver essa situação deve existir uma mudança de comportamento, romper o padrão.

Sugestão para solucionar o círculo vicioso:

O que mais poderia ser feito para que saísse da reclamação para solução?

Primeiro passo, deixe claro o que você quer sem desrespeitar ou acusar o outro. Essa decisão deve contribuir para o bem-estar de todos;

Segunda passo, coloque-se no lugar do outro, assim poderá entender o que leva a outra pessoa ao comportamento repetitivo que você considera ruim. “Deixa eu entender como ele funciona e o que pensa a esse respeito.”

Terceiro passo, dança circular – o quanto eu estou contribuindo para o problema permanecer sem solução;

Quarto passo, entender o sistema, se eu fosse a situação em si, que posso chamar de organização/obrigação, criado pelos dois, se eu fosse eu e o outro ao mesmo tempo, sentindo as tenções e forças opostas e pudesse convocar uma reunião com os dois:

O sistema deveria COMUNICAR de maneira clara as regras da casa, de maneira amistosa, onde todos possam ganhar.

Para que isso ocorra é necessário entender a  diferença entre FALAR  e COMUNICAR.

A fala é um recurso natural que a maioria das pessoas tem, já comunicar é o desafio de conseguir expressar o que se deseja através da fala.

Resumindo: Nem sempre o comportamento é errado ou inadequado e sim falta de uma comunicação clara com o tempo transforma conflitos de interesses em problemas insolúveis , por isso esta afirmação “Falar todo mundo fala, mas comunicar é para poucos”.



  < Voltar

 

Vamos conversar? Entre em contato.

Envie uma mensagem